0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 17/09/2019 12:16

A pesquisa que mede o endividamento e a inadimplência dos consumidores de Palmas (PEIC), mostrou que o mês de agosto registrou um índice geral de 68,2% no número de endividados e 12,1% dos endividados que estão com contas atrasadas, ou seja, inadimplentes. Comparando esses dados ao mês anterior, houve uma queda de 2,7% no total de endividados e um crescimento de 0,5% na inadimplência.

O ranking das principais dívidas continua sendo: cartão de crédito, seguido de financiamento de carro e carnês.

Apesar desse pequeno crescimento na inadimplência, 64,3% esperam conseguir quitar parcialmente suas dívidas em atraso no próximo mês e 33,2% totalmente. 57,3% dos consumidores entrevistados consideram-se pouco endividados.

“Palmas é uma capital que surpreende na questão do endividamento, pois está com o índice geral de endividamento acima da média nacional e quando comparado com as demais capitais, abaixo do porcentual de contas em atraso e que não terão condições de pagar, ou seja, se torna um cenário positivo para o comércio”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni.

Mas a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso, alerta: “É preciso parcimônia com as dívidas e lembrar que uma pequena parte da renda familiar deve ser reservada para este fim, pois existem já os gastos fixos que devem ser mantidos mensalmente”. A pesquisa mostra que a média de comprometimento da renda familiar com dívidas está em 33,2%. 

Na pesquisa nacional, o percentual de famílias com dívidas alcançou 64,8% em agosto de 2019, o que representa uma alta em relação aos 64,1% de julho de 2019. Essa foi a oitava alta mensal consecutiva e o maior índice de endividamento desde julho de 2013. Também houve alta em comparação com os 60,7% de famílias endividadas em agosto de 2018. (Informações Fecomércio)

Post Anterior

Corpo de homem é encontrado em matagal com mãos e pés amarrados

Próximo Post

Polícia Civil apreende veículo em garagem de veículos na região central de Palmas