0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 11/06/2021 19:15

Airbus e Boeing precisam estar atentas: uma das maiores donas de aeronaves do mundo disse que aviões comerciais podem ter suas asas cortadas pela rápida evolução de “táxis voadores”.

Em algumas partes do mundo, os voos comerciais já enfrentam a concorrência dos trens de alta velocidade. Mas o chefe da Avolon, empresa irlandesa de aluguel de aeronaves, disse que a concorrência mudaria para o céu depois que sua empresa investiu US$ 2 bilhões nos táxis aéreos.

A Avolon está na lista de clientes que esperam pelas aeronaves de decolagem e pouso vertical (eVolt) que estão sendo desenvolvidas pela Vertical Aerospace, da Inglaterra. A Vertical planeja abrir capital por meio de uma fusão com uma empresa de cheques em branco.

Post Anterior

Por que Brasil ainda não pode relaxar uso de máscaras como os EUA fizeram

Próximo Post

EUA e Israel investigam se vacinas da Pfizer e da Moderna causam inflamação no coração