Home»Destaque»Cai em 2,1% a intenção de consumo em Palmas e entra para a zona de insatisfação

Cai em 2,1% a intenção de consumo em Palmas e entra para a zona de insatisfação

Atualizada em: 29/04/2019 15:07

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Os número mostram a segunda queda consecutiva da Intenção de Consumo das Famílias (ICF), registrada em abril, com a variação mensal de – 2,1%, passando de 100,6 (março) para 98,5 pontos. Com isso, o índice volta para a zona de insatisfação dos consumidores, que vai de 0 a 100 pontos, demonstrando uma visão mais pessimista dos palmenses.

Entre os subitens analisados, o que avalia a perspectiva profissional foi o que sofreu a maior variação mensal negativa: – 6,3%. Isso porque 37,4% dos entrevistados acreditam que não haverá melhora nos trabalhos nos próximos seis meses.

O item que trata da perspectiva de consumo também contribuiu para o resultado insatisfatório da pesquisa. A pontuação de abril caiu de 94,3 (março) para 91,5 pontos, pois 33,6% dos entrevistados julgam que o consumo de suas famílias e da população em geral deve ser menor nos próximos meses.

Apesar dos resultados negativos, a variação anual ficou positiva: 4,6% na comparação entre abril deste ano e o mesmo mês de 2018. Outro dado satisfatório da pesquisa é que 15,4% dos entrevistados afirmaram que estão comprando mais em relação ao mesmo período do ano anterior, fazendo com que o item Nível de Consumo alcançassem a única variação mensal positiva da pesquisa de abril, com aumento de 2,5%.

A pesquisa é realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins e está disponível para download no link: https://bit.ly/2J14PHz. (Com informações da Fecomércio-TO)

Post Anterior

Polícia Civil usa aplicativo de celular para receber denúncias em Gurupi

Próximo Post

Com mandado de prisão por estupro, jovem é preso suspeito de roubar celulares na região sul de Palmas