0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 31/07/2020 15:20

A BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de saneamento em 47 cidades do Tocantins, realiza o Feirão de Negociação Online para clientes residenciais, na plataforma Acordo Certo.

A ação começa, em Palmas, na próxima segunda-feira, 03, e segue a 31 de agosto. Já nos outros 46 municípios tocantinenses atendidos pela BRK no Estado, começa dia 06 de agosto e segue até o dia 31 de agosto. 

O objetivo é auxiliar os clientes que têm débitos com a concessionária e buscam condições facilitadas para regularizar os valores. A partir do uso de um sistema de inteligência artificial, todo o processo de negociação é digital, o que evita deslocamentos até as lojas da concessionária e torna o atendimento ao cliente ainda mais simplificado.

Os acordos são exclusivos, conforme as necessidades de cada pessoa, e oferecem opções como pagamento de faturas vencidas à vista com isenção de multas e juros, parcelamento ou até mesmo o reparcelamento de uma negociação realizada anteriormente.

“Estamos diante de um momento sem precedentes em todo o mundo e entendemos que é importante adotarmos medidas que auxiliem e tranquilizem os nossos clientes que estão com dificuldades de realizar os pagamentos das faturas. Neste momento, nossa prioridade é garantir a manutenção dos serviços de água e esgoto para todos”, diz o gerente comercial da BRK Ambiental, Ricardo Ferraz.

As negociações são realizadas no site Acordo Certo. Para acessar, basta criar um cadastro a partir dos dados pessoais do cliente (CPF, data de nascimento, e-mail e número de telefone celular) e iniciar o processo de negociação na plataforma.

A BRK Ambiental reforça ainda que, além de promover ações para facilitar o pagamento de faturas, a empresa toma todas as medidas preventivas necessárias para garantir preservação da saúde e do bem-estar de seus colaboradores e clientes.

Entre elas, estão higienização constante de veículos e equipamentos utilizados nas operações, inclusive itens de proteção individual, a adoção de trabalho remoto para funções administrativas, e a redução da circulação de leituristas, instituindo a cobrança pela média do consumo nos casos em que os hidrômetros se encontram dentro das residências.

Post Anterior

3 motivos que explicam por que casos de covid-19 voltaram a crescer no Brasil

Próximo Post

Brasil reabre fronteiras aéreas para estrangeiros, exceto o Tocantins e outros quatro estados

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *