0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 01/11/2021 18:17

Os brasileiros estão cruzando a fronteira e enfrentando filha para abastecer em Porto Iguaçu, na Argentina. A ida ao país vizinho é para economizar. A cidade faz divisa com o município brasileiro de Foz do Iguaçu, no Paraná.

Segundo os consumidores, o combustível é achado no país vizinho pela metade do preço. Em um dos postos buscados pelos brasileiros, o litro da gasolina super (aditivada no Brasil), estava custando o equivalente a R$ 3,10.

Foto: Divulgação.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), em Foz do Iguaçu, o preço médio do litro da gasolina é R$ 6,14.

“Hoje vale a pena porque o combustível é praticamente metade do valor do nosso combustível no Brasil. Desde que abriu a ponte estou vindo para cá abastecer”, disse o motorista de aplicativo Miro Parnoff ao G1.

No Brasil, a gasolina já são 73,4% de alta em 2021. Desde janeiro, foram onze aumentos até a última sexta-feira, 29.

A proprietária de um dos postos de Porto Iguaçu falou que ela mesma precisou atender os clientes em decorrência da alta demanda no local.

Por conta da movimentação de brasileiros, a maioria dos postos da cidade argentina aceita o pagamento ser feito em real.

Andreia Ribeiro Pacheco, moradora de São Paulo (SP), estava a passeio em Foz do Iguaçu, no entanto, mesmo como turista não deixou de atravessar a fronteira para abastecer o veículo.

“Nós somos de Ribeirão Preto viemos abastecer por conta do diferencial do valor. Viajamos 10 minutos de Foz pra cá e conseguimos abastecer pela metade do preço. Vamos embora com o tanque cheio”

Post Anterior

Festa da Colheita da Jabuticaba de Taquaruçu começa dia 5 de novembro com visita aos pomares e rota gastronômica

Próximo Post

Palmas é uma das 7 capitais que estão preparadas para receber o 5G