0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/06/2022 09:51

O Brasil confirmou nesta 5ª feira (23.jun.2022) os primeiros infectados por varíola dos macacos no país sem histórico de viagem para o exterior. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, afirmou ao Poder360 que já há transmissão comunitária do vírus no país.

O país tem 16 casos da doença. São Paulo e Rio de Janeiro confirmaram mais 5 infectados nesta 5ª feira (23.jun). Diferentemente dos 11 diagnósticos anteriores, nenhum deles viajou recentemente para outra nação com casos confirmados. Os pacientes prévios haviam se infectado no exterior. Os novos, no Brasil. Isso define a transmissão comunitária do vírus. 

O mundo enfrenta desde maio o maior surto do vírus fora da África. Já são mais de 3.500 infectados, segundo dados do Global health Monkeypox, iniciativa que monitora os números dos países. O Poder360 preparou uma reportagem explicando a varíola dos macacos. 

“Nossa vigilância está ativa. Temos monitorando todos os casos”, afirmou Arnaldo Medeiros, que negou preocupação com o cenário brasileiro. Até o momento, só São Paulo (10), Rio de Janeiro (4) e Rio Grande do Sul (2) têm casos de varíola dos macacos. Os 5 novos infectados nesta 5ª feira (23.jun) foram confirmados nas capitais paulista (3) e fluminense (2).

Todos os pacientes confirmados hoje apresentam boa evolução da doença e estão em isolamento. Eis a íntegra dos comunicados divulgados pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

O Ministério da Saúde recomenda o uso de máscaras e a higienização das mãos como medidas de proteção contra a varíola dos macacos.

 

Post Anterior

Quina de São João sorteará prêmio de R$ 200 milhões neste sábado

Próximo Post

Diesel já custa mais que gasolina em postos de combustível

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.