Home»Destaque»Bolsonaro troca comando de Minas e Energia; Adolfo Sachsida assume pasta

Bolsonaro troca comando de Minas e Energia; Adolfo Sachsida assume pasta

Atualizada em: 11/05/2022 06:49

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A quarta-feira (11) começou com uma mudança no governo. O presidente Jair Bolsonaro trocou o comando do Ministério de Minas e Energia. O então ministro Bento Costa Lima Leite de Albuquerque foi exonerado, a pedido, com Adolfo Sachsida anunciado como novo titular da pasta, de acordo com o Diário Oficial da União [DOU].

A situação do ministro Bento Albuquerque era delicada após, na última semana, o presidente Bolsonaro fazer uma reclamação pública sobre o reajuste do preço do Diesel da Petrobrás para as distribuidoras.

“Vocês não podem, ministro Bento Albuquerque e senhor José Mauro, da Petrobras, não podem aumentar o preço do diesel. Não estou apelando, estou fazendo uma constatação levando-se em conta o lucro abusivo que vocês têm. Vocês não podem quebrar o Brasil”, disse Bolsonaro na última quinta-feira (5).

As críticas chegaram dias depois da estatal reajustar em 8,87% o Diesel para as distribuidoras. Com isso, o valor do litro vendido pela Petrobrás de R$ 4,51 para R$ 4,91.

O novo chefe da pasta será Adolfo Sachsida, então chefe da assessoria especial de Bento Albuquerque. Doutor em Economia, o advogado é autor de livros sobre políticas econômicas, monetárias e fiscais. Além disso, foi professor no Brasil e nos Estados Unidos.

Post Anterior

Senado aprova aumento de limite de idade para indicações ao STF

Próximo Post

Com paridade, diesel dobra de preço em cinco anos e chega a R$ 6,63