0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 10/06/2022 18:34

A porta-voz do departamento de Estado dos EUA, Kristina Rolases, afirmou nesta sexta (10/6), que o presidente americano, Joe Biden, disse ao brasileiro Jair Bolsonaro em conversa bilateral em Los Angeles que “os Estados Unidos não toleram, não aceitam intervenção no sistema eleitoral em nenhum lugar” e que o governo americano confia nas instituições eleitorais brasileiras e espera que o resultado eleitoral obtido com esse sistema seja respeitado.

“A gente entende muito bem que há eleições no Brasil em outubro, nos próximos meses. Entendemos muito a preocupação do povo brasileiro com esse tema. Tanto que na reunião, o próprio presidente Bolsonaro falou que ele respeita a democracia, que vai respeitar o resultado. A gente vai levar a sério essa declaração que foi feita pelo presidente Bolsonaro ontem”, afirmou Rosales.

Bolsonaro tem repetido que as urnas eletrônicas não são auditáveis e já sugeriu que pode não aceitar o resultado do pleito em outubro.

Na declaração inicial que fez diante de Biden ontem, na abertura da bilateral, Bolsonaro voltou a dizer que ” temos eleições no Brasil, e nós queremos eleições limpas, confiáveis e auditáveis, para que não haja nenhuma dúvida após o pleito”.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desmente as declarações de descrédito eleitoral de Bolsonaro e diz que o sistema é verificável e seguro, e que nunca houve provas de fraudes significativas. Bolsonaro disse ainda que “tenho certeza que serão realizadas (as eleições) neste estilo democrático. Cheguei pela democracia e tenho certeza que quando deixar o governo, também será de forma democrática”.Segundo Rosales, os americanos tomaram essa última declaração como um compromisso de Bolsonaro. “A gente, obviamente, leva a sério as palavras que saem da boca do presidente”, disse Rosales.

Post Anterior

Polícia Federal encontra restos humanos em rio navegado por jornalista e indigenista

Próximo Post

Mesmo sem consenso, Pacheco confirma votação do projeto que limita ICMS para segunda-feira

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.