0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/06/2022 18:08

Logo depois de Paulo Guedes pedir a representantes dos supermercados que congelem os preços dos alimentos da cesta básica, foi a vez de Jair Bolsonaro reforçar o apelo absurdo e desesperado. As declarações foram feitas em evento virtual do Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

“Um apelo que eu faço aos senhores, para toda a cadeia produtiva, é para que os produtos da cesta básica, cada um obtenha o menor lucro possível para a gente poder dar uma satisfação a uma parte considerável da população, em especial os mais humildes”, disse o presidente da República.

Como registramos mais cedo, o IPCA nos últimos 12 meses está acima dos 10% e, entre os produtos que têm pesado para a alta da inflação, estão óleo de soja, ovos, leite, açúcar e café. Apesar disso, congelar preços nunca deu certo como medida antiinflacionária. Basta perguntar para José Sarney.

Post Anterior

Profissionais da saúde de Palmas destacam a importância da imunização na prevenção de doenças

Próximo Post

Guedes defende congelamento de preços nos supermercados até 2023

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.