0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 04/06/2022 10:44

Jair Bolsonaro minimizou a responsabilidade dos agentes da Polícia Rodoviária Federal na morte de Genivaldo dos Santos, ocorrida na semana passada no interior de Sergipe. Segundo o presidente, não é a primeira vez que morre alguém com gás lacrimogêneo no Brasil”.

“Se pesquisar um pouquinho, até nas Forças Armadas já morreu gente. […] Eles queriam matar? Eu acho que não. Lamento. Erraram? Erraram. A Justiça vai decidir. Acontece, lamentavelmente”, afirmou nesta sexta-feira (3) em entrevista em Foz do Iguaçu.

Post Anterior

Servidores do BC mantêm greve por tempo indeterminado

Próximo Post

Após compra de 35 mil comprimidos de Viagra, Defesa diz que tratou 225 pacientes

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.