0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 18/03/2022 06:59

O governo Jair Bolsonaro vai fazer uma ampla reforma ministerial até 1ª de abril, último dia para desincompatibilização de cargos para aqueles que vão disputar as eleições de outubro.

Como este site já antecipou, dez ministros vão deixar seus respectivos cargos até abril. Entre eles, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O Ministério da Cidadania deve ficar nas mãos de Bruno Bianco, hoje na AGU; no Ministério da Agricultura, o mais cotado é Marcos Montes, hoje secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura.

WhatsApp Image 2022 03 17 at 20.51.35 1 1024x576

WhatsApp Image 2022 03 17 at 20.51.35 1024x576

Post Anterior

DE OLHO NAS ELEIÇÕES, BOLSONARO LIBERA PACOTE DE R$ 150 BI EM ANTECIPAÇÃO DE FGTS E 13º

Próximo Post

Parlamentares do Brasil estão entre os mais bem pagos no mundo