0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 10/07/2022 19:47

Sem citar diretamente o assassinato do guarda municipal Marcelo Arruda, em Foz do Iguaçu, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite deste domingo (10) que dispensa “qualquer tipo de apoio de quem pratica violência contra opositores”.

Em publicação no Twitter, Bolsonaro disse ainda que “é o lado de lá que dá facada, que cospe, que destrói patrimônio, que solta rojão em cinegrafista, que protege terroristas internacionais, que desumaniza pessoas com rótulos e pede fogo nelas, que invade fazendas e mata animais, que empurra um senhor num caminhão em movimento”.

“Que as autoridades apurem seriamente o ocorrido e tomem todas as providências cabíveis, assim como contra caluniadores que agem como urubus para tentar nos prejudicar 24 hora por dia.”

Post Anterior

Rodinei faz contra, e Corinthians vence o Flamengo pelo Brasileirão

Próximo Post

Intolerância e violência são inimigos da democracia, diz Moraes.