0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 06/08/2022 11:38

A Folha diz que Jair Bolsonaro (PL) avançou no último mês entre o segmento do eleitorado mais vulnerável, tradicionalmente identificado como “lulista”. Lula (PT), por outro, lado ultrapassou o presidente na parcela da população com maior renda e estabilidade  chamados seguros.

“Se antes Bolsonaro perdia de 57% a 19% entre os vulneráveis, agora a diferença no placar se reduziu para 54% a 24%. Cerca de metade dessa fatia recebe o Auxílio Brasil ou mora com alguém beneficiado pelo programa de transferência de renda, que teve seu valor ampliado de R$ 400 para R$ 600. Já o petista, que ficava atrás na parcela mais abastada, com 35% contra 38% do adversário, agora lidera com 40% contra 33%.”

Post Anterior

O tamanho eleitoral de Lula

Próximo Post

Ala lulista retoma comando do Pros e quer formalizar apoio ao ex-presidente

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.