0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/06/2022 07:33

Em entrevista ao programa 4×4, no Youtube, na noite de domingo (26), Jair Bolsonaro comentou sobre conversa que teve com o ministro do STF Alexandre de Moraes durante jantar na casa do presidente da Câmara Arthur Lira na quarta-feira (22).

“Ele falou 90% do tempo, e eu falei 10%. Mais ou menos uns cinco minutos de conversa. E eu falei para ele para conversarmos na semana com mais tempo e pode ser em qualquer lugar”, disse Bolsonaro, que não revelou detalhes sobre a conversa.

Bolsonaro afirmou que “diálogo, respeito à Constituição, liberdade e normalidade no Brasil” podem não ser “possíveis” por culpa do ministro.

“Eu quero é o diálogo, o respeito à Constituição, a liberdade, é partirmos para uma normalidade no Brasil. Se é possível, eu não sei. Eu tenho tentado fazer tudo o que é possível para que haja conciliação”, disse.

O presidente criticou a decisão do ministro e do STF no caso da condenação do deputado federal Daniel Silveira por coação e tentativa de impedir o livre exercício dos poderes da União.

Bolsonaro argumentou, citando a Emenda Constitucional nº35, de 2001, que deputados podem afirmar “quaisquer” opiniões.

Post Anterior

Bolsonaro "pretende" anunciar Braga Netto como vice nos próximos dias

Próximo Post

Custo com energia e gás é mais de 30% do preço do pão, carne e leite