0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 15/05/2022 17:15

Em declaração a jornalistas neste domingo (15), o presidente Jair Bolsonaro (PL) evitou falar em saída do atual presidente da Petrobras. No entanto, afirmou que o atual ministro de Minas e Energia tem autonomia para fazer qualquer alteração na petrolífera.

“O Sachsida e todos os ministros, desde o início, tem carta branca sem exceção [para fazer qualquer alteração]. Obviamente, qualquer mexida vai conversar comigo. Mas confio 100% no Sachsida e tenho certeza de que ele será um bom ministro. Assim como o Bento [Albuquerque] foi. Mas, por uma questão pessoal, pediu para sair”, ressaltou Bolsonaro.

Desde que o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, assumiu, integrantes do alto escalão da pasta cogitam uma possível saída de José Mauro Ferreira, que assumiu no mês passado.

“Para haver total sintonia com a equipe, será necessário trocar o atual presidente da Petrobras. Isso é fato”, relatou na condição de anonimato uma fonte do Ministério de Minas e Energia.

Post Anterior

Casamento de Lula e Janja será em casa de festas de luxo em São Paulo

Próximo Post

Pesquisa do Senado indica que 21% dos eleitores no Brasil se consideram de direita