0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 26/05/2022 06:35

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou nesta 4ª feira (25.mai.2022) um decreto abrindo vagas para mais 625 agentes em formação para a PF (Polícia Federal) e 625 para a PRF (Polícia Rodoviária Federal), totalizando 1.250.

Em 3 de maio, Bolsonaro já havia dito que o governo deveria autorizar as novas vagas. O número é menor do que o mencionado pelo chefe do Executivo anteriormente, quando afirmou que seriam 1.000 para cada força.

“Eu sempre digo que o trabalho deles é excepcional para o Brasil e merece reconhecimento por tudo isso, no combate ao crime, aos ilícitos, ao tráfico de drogas”, disse o presidente ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública Anderson Torres, em vídeo publicado no Twitter do ministro.

O presidente voltou a dizer que os policiais são “lucrativos” para o país. Em 2 de maio, Bolsonaro ligou para Torres em frente a apoiadores para mostrar que pediria 1.000 novas vagas para a PF e PRF.

“Anderson [Torres], você pediu quanto para a PF e para a PRF? Quantas vagas a mais para cada força você pediu? Se passar 1.000 para cada um, acha que dá para resolver? 1.000 para cada lado? Então, faz um aditivo, pede 1.000 vagas, já que você está no limite, pede 1.000 vagas para cada lado, tá ok? Pode ser?”, disse durante a conversa.

Bolsonaro vinha sendo pressionado pelos policiais, que cobravam reestruturação das carreiras policiais. O chefe do Executivo havia prometido a medida à categoria, mas sua efetivação ainda é incerta.

Ao sancionar o Orçamento deste ano, o governo reservou R$ 1,7 bilhão do Orçamento de 2022 para reajuste salarial do funcionalismo e reestruturações de carreiras. O recurso não foi carimbado a peça orçamentária não especifica para quais categorias esse valor deve ser direcionado ou como será aplicado.

Post Anterior

Cidade de Peixe no Tocantins, quer conceder praia à iniciativa privada por três anos

Próximo Post

PARTIDO DE BOLSONARO ENTRA COM AÇÃO CONTRA O PT POR CAMPANHA ANTECIPADA