0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/04/2022 19:18

Durante evento no Palácio do Planalto em defesa da liberdade de expressão, Jair Bolsonaro voltou a atacar o ministro Luís Roberto Barroso, ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral e chamou o magistrado de mentiroso. Entretanto, durante a sua fala, o mandatário cometeu um lapso: “Temos um chefe de Executivo que mente”.

Ao criticar a abertura de um inquérito no STF contra ele para apurar o vazamento de dados da Polícia Federal, Jair Bolsonaro classificou a investigação como uma “vergonha” e disse que Barroso mentiu ao declarar que os dados da PF eram sigilosos.

Em seguida, ele completou e cometeu um lapso ao falar da participação das Forças Armadas no processo de auditoria das urnas eletrônicas.

“Temos um chefe de Executivo que mente. Agora, eles convidaram as Forças Armadas a participar do processo. Será que ele esqueceu que o chefe supremo das Forças Armadas se chama Jair Messias Bolsonaro?”, declarou.

O evento de hoje foi convocado por deputados das bancadas ruralistas, evangélica e da segurança pública para defender o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

Post Anterior

Em comemoração ao Dia do Trabalhador, Prefeitura de Palmas antecipa pagamento para esta sexta-feira, 29

Próximo Post

Rally Sertões confirma Tocantins na edição 2022 durante anúncio oficial