0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/12/2018 17:50

O palmense, João Moisés, foi ao Terminal Rodoviário da Capital pesquisar passagens para Bahia, onde pretende passar as festas de fim de ano. Porém, ele descobriu que a passagem está mais cara. Ouça: 

Terminal Rodoviário de Palmas. Foto: Arquivo/Orla Notícias.

A partir desta quarta-feira, 05, quem for viajar para outros Estados irá encontrar as passagens rodoviárias mais cara, é o que apurou o portal Orla Notícias. Algumas empresas alegam que as passagens voltaram ao preço normal. “O que acontece é que as passagens não estão mais na promoção, elas voltaram ao preço normal”, conta o agente de viagem Cleiton, ao portal por telefone. 

Terminal Rodoviário de Palmas. Foto: Arquivo/Orla Notícias.

Em um ginchê de uma empresa que a principal linha vai para Goiânia – GO, o preço da passagem até está ultima terça-feira, 03, custava R$ 130,00 agora passa para R$ 175,00. Em outros ginchês para esse mesmo destino, Goiânia, o bilhete pode ser encontrado até por R$ 200,00. 

Já em outra empresa que faz linha para o estado do Maranhão, a passagem ainda está a partir de R$ 120,00. “Vai aumentar, mas ainda não passaram pra gente quanto será e nem quando vai ser”, diz a atendente ao Orla Notícias por telefone. 

Terminal Rodoviário de Palmas. Foto: Arquivo/Orla Notícias.

Para Brasília – DF, outro destino procurado no mês de dezembro, a passagem também está mais cara em algumas empresas. Em um ginchê a agente de viagem informou que o executivo custa R$ 159,00 e o leito R$ 199,00. 

Terminal Rodoviário de Palmas. Foto: Arquivo/Orla Notícias.

A auxiliar de serviços gerais, Luciléia Aires, criticou o aumento da passagem. Ouça: 

Movimentação

A expectativa é que a partir da próxima semana aumente o movimento de passageiros no Terminal Rodoviário de Palmas. Os destinos mais procurados pelos palmenses são: Goiânia, Maranhão, Brasília e Pará. Algumas empresas devem disponibilizar ônibus extras para atender a demanda de público. 

Terminal Rodoviário de Palmas. Foto: Arquivo/Orla Notícias.

Lei da Gratuidade 

Os idosos com mais de 60 anos com renda igual ou inferior a 2 salários mínimos, têm direito a viajar de graça. As empresas de ônibus devem destinar 2 vagas gratuitas nas linhas interestaduais e intermunicipais. Esse benefício é assegurado pelo Estatuto do Idoso. Caso as vagas sejam preenchidas, os idosos têm direito a 50% de desconto em qualquer assento do transporte. O bilhete de viagem pode ser marcado a partir de 30 dias úteis até 3 horas do início da viagem.

Ao solicitar o “Bilhete de Viagem do Idoso” ou desconto do valor da passagem, a pessoa deverá apresentar documento pessoal original com foto (como RG ou carteira de motorista) e a carterinha do idoso atualizada. 

No Tocantins, para garantir facilidade à esse benefício, foi criado, por meio da  Lei Estadual n° 2.001 de 2008, um documento que comprava as condições exigidas, evitando que o idoso tenha que apresentar muitos documentos na hora de solicitar a passagem: o Cartão do Idoso. O documento é emitido pela Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (Setas). 

Para fazer a Carteira do Idoso, o interessado deve  procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua casa ou a Secretaria de Assistência Social do seu município munido de cópias do RG e CPF, comprovante de endereço, comprovante de renda, extrato bancário devidamente identificado, 2 fotos 3X4 recentes colorida. Caso o idoso não tenha comprovação de renda, deverá preencher uma declaração disponível nos Cras, ou no link http://bit.ly/2nHyrAK .

Post Anterior

Sociedade no tráfico de drogas: Polícia Civil prende foragido e comparsa na região central do Tocantins

Próximo Post

Justiça determina prisão de dois filhos de ex-procurador geral de justiça e suspensão de registro na OAB