Home»Destaque»Áudios: “Eu fui para me matar na frente dela”, diz suspeito de tentar matar a ex-esposa no norte do Tocantins

Áudios: “Eu fui para me matar na frente dela”, diz suspeito de tentar matar a ex-esposa no norte do Tocantins

Atualizada em: 02/02/2019 19:49

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O Portal Orla Notícias informou neste sábado, 2, que Cristiano Rodrigo Alves, de 41 anos, seria suspeito de atirar duas vezes contra a ex-esposa em Araguaína (TO), a 368 km de Palmas, usando uma arma espingarda. 

Em áudios, o suspeito, que faz parte de um clube de tiro esportivo, nega que tenta tentado matar a ex-esposa, diz que iria para Wanderlândia praticar tiros. Confira:

Cristiano diz que passou na casa da mulher e que deu um tiro para cima após a ex-esposa dizer que poderia sair com quem ela quisesse. 

Ele conta que depois do acontecido entregará as armas para o Exército Brasileiro, e sairá do clube de tiro. 

Por fim, Cristiano diz que não agrediu a ex-companheira e que após a discussão deixou o local. 

Questionado sobre se vai se apresentar à polícia, o suspeito diz que vai aguardar o flagrante passar para esclarecer tudo com as devidas garantias. “Entre segunda e terça-feira me apresento e coloco tudo mais claro possível”, disse ele. O Portal Orla Notícias tenta contato com a ex-esposa de Cristiano para ouvir a versão da mulher. 

Homem tenta matar ex-esposa por não estar de acordo com o fim do relacionamento

Post Anterior

Juiz convoca testemunhas de defesa para audiência em processo da Operação Maet: veja nomes

Próximo Post

Cachoeirinha (TO): Irmão de ex-prefeito morre após bater em carro na BR-230