Home»Destaque»ATM informa: Estado quita repasses atrasados da Saúde com 138 Municípios; Dívidas até 2018 foram pagas

ATM informa: Estado quita repasses atrasados da Saúde com 138 Municípios; Dívidas até 2018 foram pagas

Apenas a Capital Palmas não recebeu toda a dívida, que se encontra com acordo de parcelamento

Atualizada em: 12/04/2019 17:04

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) informa prefeitos e gestores da área de saúde que o Governo do Estado quitou a dívida com os Municípios referente aos repasses fundo a fundo dos convênios e contratos da Saúde firmados entre os dois entes.

O Estado quitou a dívida acumulada até o ano de 2018 que detinha com os Municípios para a execução de serviços públicos em saúde e aquisição de insumos e medicamentos. Os recursos dessa quitação chegaram aos fundos de 138 municípios – apenas a Capital Palmas não recebeu toda a dívida, que se encontra com acordo de parcelamento.

O presidente da ATM comemorou o anúncio e agradeceu ao Governo do Estado. “A falta dos repasses perdurou por anos, e em alguns momentos oscilou muito. Em nome dos prefeitos, agradecemos ao governador Mauro Carlesse pela decisão e autorização em quitar a dívida. O ato é fundamental para que os Municípios não apresentem dificuldades em ofertar produtos e serviços em saúde às comunidades locais.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o investimento soma R$ 11.007.888,92 e corresponde aos débitos até 31 de dezembro de 2018. Ainda segundo a pasta, com o pagamento realizado, restam ainda, ao Executivo Estadual, os repasses de 2019 e os débitos de 2018 relacionados às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Os repasses são relacionados aos serviços de manutenção de centros de atenção psicossocial; campanhas de vacinação antirrábica; medicação da assistência farmacêutica básica; manutenção de hospital de pequeno porte; complementação do custeio dos serviços de média e alta complexidade ambulatorial; custeio das prestações dos serviços de saúde hospitalar e ambulatorial; medicamentos destinados à saúde mental e unidade de terapia intensiva pediátrica. 

Post Anterior

Operação Pasto Seguro intensifica ações de policiamento em propriedades rurais da região sul do Tocantins

Próximo Post

Bebê com cerca de dois dias de vida encontrada em lixão recebe cuidados médicos no Hospital Municipal de Formoso do Araguaia