0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/06/2019 08:36

O contador, Allan Moreira Borges, foi absolvido pelo júri popular nesta última terça-feira, 18. Com a sentença, Borges foi inocentado da acusação de ter assassinado a esposa, Heidy Aires. 

O réu, que aguardava o julgamento em liberdade, foi julgado por sete jurados. O julgamento ocorreu no fórum da Capital e durou todo o dia. Dura cerca de 09 horas de julgamento, oito pessoas foram ouvidas. Allan Moreira Borges, afirmava a inocência desde o início do processo. 

Heidy Aires tinha 34 anos quando foi morta, e era professora na Escola de Tempo Integral Padre Josimo. 

Post Anterior

Vicentinho Júnior é designado relator de Subcomissão para tratar de conclusão de obras inacabadas do governo federal e priorizará BRs 355 e 342

Próximo Post

PM prende suspeito de integrar quadrilha de furto de gado no sul do TO; 52 cabeças de gado foram recuperadas