0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/05/2020 16:08

Energia elétrica sem custo adicional para todos os consumidores até dezembro. É que a Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica, decidiu manter a bandeira verde até o dia 31 de dezembro deste ano. Essa é mais uma medida emergencial da Agência para aliviar a conta de luz dos consumidores em meio à pandemia da Covid-19.

Os valores das bandeiras tarifárias são atualizados todos os anos, levando em conta dados econômicos do país, como estimativas de mercado e inflação, além da projeção do volume que as usinas hidrelétricas poderão gerar de energia. Ou seja, quanto mais energia gerada, mais barata fica a conta de luz.

Como neste momento de quase paralisação da economia e de redução das atividades industriais, houve uma diminuição no consumo de energia elétrica, foi possível manter a bandeira verde até o final do ano. Em outras palavras: está sobrando energia, por isso o preço fica mais barato.

A manutenção da bandeira verde também levou em consideração as contribuições da Consulta Pública, que tratou justamente dos valores adicionais para o ciclo 2020/2021 e que ficou aberta entre os dias 12 de março e 27 de abril.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado pela Aneel em 2015 e sinaliza para o consumidor todos os meses os custos de geração de energia no país. Quando a produção nas usinas hidrelétricas está favorável, é acionada a bandeira verde, sem acréscimos na tarifa. Em condições ruins, podem ser acionadas as bandeiras amarela, vermelha 1 ou vermelha 2.

Post Anterior

Trade turístico do Estado irá receber cestas básicas do Governo do Estado

Próximo Post

Exportações no país não foram afetadas