0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 26/06/2022 10:55

Waldir Ferraz (à direita na foto), ex-assessor e velho amigo de Jair Bolsonaro, tem se queixado de abandono por parte do presidente. 

A Folha obteve áudios em que ele reclama a um interlocutor de ter sido preterido para posições políticas. Na gravação, Waldir Ferraz menciona Tercio Arnaud, ex-assessor do Palácio do Planalto e membro do chamado “gabinete do ódio”.

“É muita putaria o que fizeram comigo, todo mundo se deu bem. Aquele babaca daquele Tercio virou suplente de senador do cara que vai ganhar. Não é uma putaria fazer um negócio desse? Por que não me botou? Sou muito mais útil do que ele, tenho muito mais competência do que ele, mas no entanto, eles são os melhores.”

Pré-candidato a deputado federal pelo PL do Rio de Janeiro, Waldir Ferraz cuidou de Carlos Bolsonaro durante anos. No início do mês, ele teve sua nomeação para um cargo de confiança no governo do Rio de Janeiro anulada.

Post Anterior

Pastor lobista chora em culto após sair da prisão

Próximo Post

Escândalo do MEC: parentes de pastores lobistas receberam dinheiro