Home»Destaque»Alvo de inquérito da Polícia Civil, Olyntho nega ser sócio de empresa de lixo

Alvo de inquérito da Polícia Civil, Olyntho nega ser sócio de empresa de lixo

Atualizada em: 05/12/2018 11:58

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O deputado estadual Olyntho Neto (PSDB) negou nesta quarta-feira, 5, que não faz parte do quadro societário da empresa Sancil Sanantônio envolvida no escândalo do lixo hospitalar. No início do mês de novembro, mais de 90 toneladas de lixo hospitalar foram encontradas em um galpão em Araguaína.A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o deputado e seu ex-assessor Lívio de Morais Severino. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso corre em segredo de justiça.

Segundo as informações, após uma denúncia anônima a Polícia Civil encontrou documentos que comprovam que Lívio estaria atuando como representante da Sancil no esquema enquanto era assessor do deputado na Assembleia Legislativa.

Ainda de acordo com a nota enviada ao Portal Orla Notícias, o deputado Olyntho afirmou que “não responde por qualquer ato referente à vida particular de qualquer cidadão, seja ex-assessor ou não, e seus assessores tem liberdade de exercer qualquer atividade que não interfira em suas atribuições junto ao gabinete”.

O objetivo do inquérito é investigar a possível ligação do deputado e de seu ex-assessor, com Sancil. A empresa é de propriedade do ex-juiz eleitoral e advogado João Olinto, do pai do deputado estadual. Lívio de Morais foi exonerado no último dia 23 de novembro após o escândalo do lixo. 

Polêmica do lixo hospitalar: Suspeita de tentativa de destruição de provas faz polícia apreender documentos e celular de assessor de Olyntho Neto

Post Anterior

Depois de denúncia, PM encontra laboratório de entorpecentes em zona rural no Sudeste

Próximo Post

“Sou negra e tenho uma filha branca”: velado ou não, o preconceito provoca medo numa mãe

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *