0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/04/2021 17:30

Os alunos Sophia Lira de Paula Pinto, Gustavo Alves da Silva e Samuel Cavalcante Silva, da ETI Luiz Nunes de Oliveira, em Buritirana, estão colhendo uma série de vitórias. O projeto ‘Interpretação de Pictogramas em Bulas/Rótulos de Agrotóxicos’, orientado pelo professor Rosielson Soares, tem sido um sucesso em feiras de ciência pelo País, e agora está credenciado para a Regeneron Internacional Science and Engineering (Isef), uma feira de ciência internacional, que será realizada em maio deste ano, na cidade de Phoenix, nos Estados Unidos e reunirá cerca de 1800 estudantes do mundo todo, concorrendo a quase US$ 5 milhões em prêmios. A apresentação dos projetos será virtual.

Foto: Divulgação.

Os bons resultados do projeto começaram com a conquista do primeiro lugar na Feira de Empreendedorismo, Ciência e Tecnologia (Fecit), em 2019.  A partir daí, o trio obteve o credenciamento para a 18ª Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), em São Paulo onde conseguiram uma bolsa de iniciação científica e a possibilidade de participação na 2ª Feira Nacional de Ciência e Tecnologias Dante Alighieri (Fenadante), também em São Paulo, em que também se saíram vencedores na categoria Ciências Sociais Aplicadas. Essa última vitória garantiu ao projeto o credenciamento para a Mostratec, feira de ciências realizada em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, em dezembro do ano passado, onde obteve o terceiro lugar, o que tornou viável o credenciamento para a Regeneron Internacional Science and Engineering (Isef).

O diretor da escola da ETI Luiz Nunes de Oliveira, Ademir Bandeira, conta que foi um desafio concluir o projeto, mas que os alunos se mantiveram firmes. “A pesquisa foi iniciada em 2019, quando estávamos em período de aulas presenciais. Nos anos seguintes (2020/2021) mesmo com a pandemia, os estudantes continuaram o projeto, estudando de forma remota. O Isef foi um grande desafio, ficamos várias vezes até a madrugada lendo e relendo toda a documentação da feira até chegar a inscrição efetivamente”, conta o gestor, lembrando que toda a documentação feira internacional é redigida em inglês.

Isef

Ao todo são 70 países participantes, com 19 projetos classificados do Brasil, sendo nove da Mostratec, nove da Febrace e um da Escola Americana de Campinas. O trio de Buritirana está participando da categoria ‘Terra e Meio Ambiente’.

Post Anterior

Vazamento de gás pode ter causado incêndio em um restaurante no centro de Palmas

Próximo Post

Instalação de UTIs Covid em Porto conta com recursos da Aleto

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *