0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/10/2021 14:10

Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes Metropolitanos, pediu demissão nesta segunda-feira, 18. O secretário executivo Paulo Gali irá assumir seu lugar.

Baldy deve concorrer nas eleições por uma vaga no Senado por Goiás, em 2022. Ele chegou a ser preso pela Polícia Federal em agosto de 2020, em investigações que não tinham a ver com sua atuação como secretário de Transportes, e foi substituído por Gali na época.

Anteriormente, Alexandre Baldy foi eleito deputado federal em Goiás e escolhido como ministro das Cidades no governo Temer. A Polícia Federal suspeitou do uso da influência desses cargos para participar e ganhar percentual em cima de contratos.

Foto: Divulgação.

Baldy negou as acusações. “O secretário tem sua vida pautada pelo trabalho, correção e retidão. Sempre esteve à disposição para esclarecer qualquer questão, jamais foi questionado ou interrogado, com todos os seus bens declarados, inclusive os que são mencionados nesta situação”, dizia a nota em sua defesa.

Post Anterior

Saiba os motivos do IPVA mais caro em 2022

Próximo Post

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão na casa do governador Mauro Carlesse e no Palácio Araguaia