0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 25/09/2019 18:06

O Judiciário tocantinense divulgou nesta quarta-feira, 25, Dia Nacional do Trânsito, que foram julgados, em 1º grau, 6.120 processos relativos a acidentes de trânsito entre 2017 a 11 de setembro de 2019.

O levantamento, feito pela Coordenadoria de Gestão Estratégica, Estatística e Projetos do Tribunal de Justiça (Coges-TJTO), revela que a grande maioria deles (77,6%) está relacionada a pedidos de indenização por dano moral. O levantamento mostra que 2019, mesmo com dados só até setembro, foi o ano em que mais processos dessa natureza foram julgados – 1.776, ante 1.576 em 2018 e 1.397 em 2017.

Já quando envolve todos os casos, 2019 responde por 2.295 processos julgados, 2018, por 2.048, e 2017, por 1.777.  Os outros casos se referem àqueles em que há dano estético, morte de ente querido, entre outros; e aos acidentes que envolvem a administração (poder público), como, por exemplo, falha na infraestrutura urbana, além dos ocorridos em decorrência de acidente de trânsito no qual é suprimida a classificação de danos material, moral, estético ou funcional.

Ainda segundo o Tribunal de Justiça, entre esses dois casos, no mesmo período, o primeiro lidera com 1.280 processos julgados; e o segundo, com 91 julgamentos. Tramitam hoje em 1º grau do Judiciário tocantinense 14.734 processos relacionados a acidentes de trânsito.  As cinco comarcas com maior número de processos são as de Palmas (3.918), Araguaína (3.075), Gurupi (1.205), Augustinópolis (728) e Porto Nacional (465). ( Informações Tribunal de Justiça). 

Post Anterior

3º Passeio Ciclístico contra as Drogas acontece em outubro na região sul de Palmas

Próximo Post

Sine oferece cursos gratuitos de capacitação em Palmas, Porto Nacional, Dianópolis e Araguatins; veja lista