0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/08/2022 08:54

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou no começo da noite dessa nesta terça-feira (2) que pretende comparecer aos debates eleitorais deste ano. Até então, ele vinha sinalizando que poderia faltar ao confronto com os demais candidatos, diante da possibilidade de que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também não compareça.

Em entrevista ao SBT, Bolsonaro afirmou que “a princípio”, a ideia é participar. O presidente disse que não pretende “dar bola” para a decisão de Lula sobre os debates.

“Não vou dar bola para isso não. A princípio a ideia é comparecer ao debate para mostrar o que nós fizemos.”

Bolsonaro, no entanto, afirmou que “tudo é dinâmico” na política e muita coisa ainda deve acontecer.

“Tenho falado que pretendo ir. Na política, tudo é dinâmico, até porque tem muita coisa a apresentar. Eu não vou ficar preso a uma agenda em que alguém vai me atacar de forma gratuita, eu ficar respondendo a ataques gratuitos. Eu vou responder pelo que nós fizemos e fazer comparações com governos anteriores.”

Durante a entrevista, o presidente ainda foi questionado sobre a possibilidade de assinar o manifesto pela democracia organizado pela Federação das Indústrias de São Paulo. Bolsonaro disse que o documento é político.

“Essa carta, como está, você não precisa assinar. […] O outro lado é ligado a ditaduras, a cubana, a norte coreana, diz que o regime da Venezuela é uma maravilha. Então não vale o outro lado assinar uma carta se todas suas demonstrações vão na contramão disso. Eu, por exemplo, comprovo que sou democrata pelo que fiz.

Post Anterior

Candidato ficha suja pode disputar as eleições? Entenda as regras

Próximo Post

STF julga nesta quarta (3) ações sobre alterações em lei de improbidade

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.