0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/11/2019 17:05

Nesta etapa, jovens de 20 a 29 anos devem receber a vacina disponível nas 20 unidades básicas de saúde (UBS) de Araguaína, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 e 17h30. O último dia da campanha também será o Dia D em oito UBS, localizadas em pontos estratégicos da cidade, de norte a sul.

“Nesta etapa não há uma meta estipulada, mas pretendemos vacinar o máximo de jovens possíveis devido à importância que é ficar imune contra o vírus, contribuindo para a redução do risco de reintrodução do póliovírus selvagem, sarampo e rubéola”, alertou a coordenadora municipal de Imunização, Samilla Braga. Nos últimos anos, não há nenhum caso dessas doenças registrado no município.

Alta cobertura vacinal

A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo alcançou uma cobertura vacinal de 112,03% da meta em Araguaína. A campanha foi dos dias 7 a 25 de outubro e abrangeu crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade.

A meta para o município era vacinar 2.316 crianças e 2.603 foram imunizadas contra o sarampo. “Muitas ações foram desenvolvidas com o objetivo de alcançar as crianças não vacinadas, como mutirões em bairros mais distantes, zonas rurais, busca ativa pelos agentes comunitários de saúde casa a casa, e vacinação em creches e escolas”, lembrou a coordenadora.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Post Anterior

Alta dos preços da carne bovina no Tocantins - por Aahrão de Deus Moraes

Próximo Post

Tramita na Assembleia Legislativa PEC que prevê participação do Legislativo na definição de barragens