0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 17/07/2019 13:49

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), Roberto Pires, recebeu a visita do presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Tocantins (CREA), Marcelo Costa Maia, o conselheiro do CREA-TO, André Cavalcante, assim como a assessora da presidência do CREA-GO, Denise Castro, e a assessora institucional do prêmio CREA Goiás de Meio Ambiente, Marcella Castro. 

A visita institucional teve a intenção de divulgar a 18ª Edição do Prêmio CREA Goiás de Meio Ambiente que tem as inscrições abertas até o dia 30 de agosto. A premiação é uma das mais tradicionais do setor que após quase 20 anos ganha contorno nacional, com a participação de Conselhos Regionais de estados como o Tocantins, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Minas Gerais, além do estado de Goiás. A intenção primordial do evento, segundo Marcella Castro, é contribuir para a geração de novas ideias e fortalecer projetos já existentes que tenham como objetivo o uso sustentável dos recursos naturais. 

Para Roberto Pires, premiar os projetos inovadores na área do meio ambiente é um estímulo para quem está preocupado com o futuro natural do nosso planeta. “O prêmio é muito importante para despertar no setor a necessidade de se investir em soluções inovadoras para a preservação do meio ambiente e premiar aqueles que já contribuem para a melhoria do setor. Neste sentido, a FIETO é parceira desse projeto e vai estimular a participação das industrias tocantinenses que tenham projetos importantes que contribuam com a defesa do meio ambiente”, acrescentou Roberto Pires. 

Modalidade

O Prêmio CREA Goiás de Meio Ambiente elegerá os melhores projetos em cinco áreas, como a de Elementos Naturais, que têm foco na preservação, manutenção e recuperação do solo, da água, do ar, da fauna e da flora. A modalidade de Produção Acadêmica, que premia pesquisas científicas realizadas na academia que visam o processo relacionado à sustentabilidade ambiental. Além disso há a modalidade Imprensa, que escolhe a melhor contribuição jornalística na promoção da preservação de recursos naturais; Sociedade Sustentável, que premia ações de educação e conscientização ambiental; além da modalidade de Inovação Tecnológica, que foca em trabalhos de desenvolvimento e produção de tecnologia na preservação ambiental. 

As inscrições podem ser feitas pelo site www.premiocreagoias.com.br. A cerimônia de premiação ocorrerá em novembro deste ano.

 

Post Anterior

Ao Fazer balanço parcial da Temporada de Praia, Corpo de Bombeiros alerta para uso de bebiba alcoólica

Próximo Post

PRESIDENTE DO SISTEMA FAET/SENAR; PAULO CARNEIRO VISITA PROJETO DE FRUTICULTURA NO SUDESTE DO TOCANTINS